Thursday, March 29, 2012


Grafología Teórica y Metodológica

J.Tutusaus


Ao longo dos tempos a grafologia se renova e se revigora de maneira intensa. Apesar de toda a gama de informações que a internet nos apresenta, o LIVRO ainda é o principal meio de conhecimento.

Tenho em mãos o novo livro do grande mestre da grafologia mundial  Jaime Tutusaus Lóvez: Grafología Teórica y Metodológica. Ed. Rere Traç. Barcelona. Espanha.

Como nos livros da série anterior, o Prof. Tutusaus consegue de maneira magistral se superar tanto pela precisão das informações, como na apresentação de novos conceitos grafológicos, frutos de sua longa vivência na grafologia mundial.

Ao citar os principais mestres da grafologia mundial, como Crépieux-Jamin, J.Ch.Gille, Müller-Enskat, R. Pophal, G. Moretti y M. Marchesan, o faz de modo preciso, incisivo. Coloca as teorias dos grandes mestres necessárias para a melhor compreensão da grafologia atual.

A “fórmula” encontrada por Tutusaus que mescla as teorias dos mestres, grafologia atual e pesquisas próprias; tornam o livro mais do que um fonte de referência; é uma fonte no qual todos os grafólogos obrigatoriamente precisam beber para compreender como a grafologia funciona no século XXI.

Como todo pesquisador de escol, a cientificidade e a ética predominam no livro. No capítulo I se estudam os “Argumentos a favor da Grafologia” – pag.28, mas também “as limitações da ciência grafológica”, pág 34.

Espaço-Forma-Traço e Movimentos são estudados com detalhes em todo o livro. A eles o Prof. Tutusaus apresentam seus intepretações de forma direta e precisa.

No Capítulo X, página 217, a “Classificação primária dos Tipos de Movimentos” é por demais precisa, assim como a classificação de cada um deles.

Certamente é o manual mais moderno da grafologia mundial e com certeza é uma obra obrigatória a todos os grafólogos. Posso afirmar de forma categórica que o grafólogo que estudar e compreender esta obra, conhece grafologia de forma profunda.



O link com o índice geral da obra e outras informações: 
http://www.sencillezyorden.com/products/no-disponible/

Tuesday, March 06, 2012

Assinatura de Jerôme Valcke; Secretário da Fifa

Assinatura de Jerôme Valcke; Secretário da Fifa

O estudo de Personalidade de Risco não se faz somente pela assinatura, mas ela é um indicativo importante para o grafólogo realizar este tipo de avaliação.
O secretário Jerôme Valcke andou proferindo algumas palavras sobre as obras da Copa do Mundo no Brasil. Palavras mais amenas do que se escuta nos aeroportos.  Contudo não deixam de ser ofensiva em nível diplomático.
A assinatura é ascendente, ilegível e angulosa. Trata-se de uma síndrome que poucas vezes tende a ser positiva.

Final em forma de Faca
O traço toma forma de armas, facas, revólveres, espadas, arpão etc. Trata-se de um traço simbólico que necessita de estudos mais profundos para ser considerado.
Interpretação
Assinala impulsos inconscientes. O escritor projeta sua imagem ou situação no papel. Quando em forma de facas, os ângulos demonstram agressividade. Vontade de ferir os demais, causar danos. Pouca habilidade para negociar internamente suas tensões e lidar de modo correto com suas frustrações. Mudanças bruscas de rumo.

Falta de legibilidade 
Característica gráfica – As letras ou números não são legíveis. Muitas vezes parágrafos completos não são lidos ou apresentam grande dificuldade para tal.
Interpretação
Ambiguidades, intenções fraudulentas. Atividade febril.  Dissimulação, intrigas.  Mentira, ocultação da verdade.

Ângulos
Insistência em sustentar as próprias teses; obstinação em repetir as próprias experiências, mesmo que sejam negativas. Escassa flexibilidade mesmo ante aquilo que é evidente.
Falta de serenidade, juízo e equilíbrio para valorizar de forma objetiva os fatos e acontecimentos. Acentuada sensibilidade e teimosia que podem desembocar para a falta de compensação psíquica; inclusive a fúria, quando os acontecimentos o impedem de chegar aos seus objetivos que empenhar ao o máximo de sua capacidade de resistência. Escassa maleabilidade e difícil ambientação, além de forte propriedade psíquica para raciocinar sobre determinados fins prefixados. (Torbidoni)


 Os estudos estão no livro “Personalidades de risco: estudos de grafologia”  Paulo
Sergio de Camargo – São Paulo.  2010.


Paulo Sergio de Camargo

Grafólogo – Especialista em Linguagem Corporal