Monday, August 08, 2016


A postura do líder Bernie Ecclestone





O empresário e Chefe da Fórmula, 85 anos,  foi até o Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP),  agradecer a liberação de sua sogra após nove dias de cativeiro.

A postura de líder.
Os dedos polegares estão para cima quando fala. Em termos evolutivos nossos polegares foram feitos para a apreensão. Para poupar energia caminhamos com os braços e as mãos soltas. Erguer o polegar é demonstrar vontade, energia, poder em alguns primatas.

A esposa e os dois policiais fazem o gesto de castração com as mãos. O policial maior encolher os ombros diante de “tal autoridade”.  A mensagem é clara: “eu me submeto a você.

Em termos de liderança, sempre que puder utilize este gesto. Mas, não adiante hoje um dia e pronto, para ser efetivo você tem que incorporar o gesto e muitas isto isto demora meses. Vale a pena. 




Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal
Curso in company.

Loja Virtual - Livros de Grafologia









Tuesday, July 26, 2016


Símbolo do Ateísmo

Há tempos fiz a análise da escrita Klingon. Trata-se apenas de um exercício de retórica que não deve ser levado muito a sério. Todavia.
A análise do símbolo do ateísmo segue o mesmo princípio, como todo o respeito a quem professa tal crença.  Inclusive aqueles que dizem: Sou ateu, graças a Deus. 

Vamos lá.
Traço regressivo, envolvente como casca de ovo. Defesa, necessidade de reserva. Ocultação.
Traço final acerado. Em ponta de agulha. Agressividade, espírito combativo. Vivacidade, pronta resposta. 
Segundo o grafólogo italiano Marchesan é um movimento reflexo, potente, a margem da vontade e da consciência. 
O ângulo interior mostra alto nível de tensão. Energia, agressividade. Como estamos no terreno da retórica, trata-se de um ângulo A da escola Morettiana. Agressividade.


Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal - 
Cursos e Palestras 

Loja Virtual - Livros de Grafologia



Thursday, July 14, 2016


02. Apontar o dedo indicador


Apontar os dedos pode ter várias significados. Na vertical, um pouco dobrado e tocando no objeto indica ênfase, importância especial ao que se deseja destacar. 
Normalmente quando indicamos a localização de ruas, casas etc.; o dedo se move com o corpo.

A foto assinala acusação. O braço esquerdo junto ao corpo indica postura defensiva. A pressão do polegar sobre o dedo médio acentua a tensão e agressividade.  O queixo um levantado colabora para a conclusão. Tudo isto sem observar de modo mais atento a face, esta per si, diz quase tudo.





Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal
Curso in company. Palestras. 





Wednesday, July 13, 2016

                           Rainha Elizabeth II recebe Theresa May para uma audiência no Palácio de Buckingham em Londres - 13/07/2016

Gestos de Submissão


A Rainha Elizabeth II recebe Theresa May e a oficializa como nova premiê da Reino Unido.

A dobrar o joelho a mensagem é clara: "eu me faço menor do que você"; "submeto-me"; "sou seu servo". 

Gesto ainda utilizado por bailarinas ao agradecer os aplausos do público. Há muitas décadas as meninas eram ensinadas a realizar este gesto, inclusive segurando com as duas mãos a barra da saia. 
Não foto existe um certo exagero. 
Existe outras forma de genuflexão, até mesmo aquela em que o joelho é colocado no chão, mas isto fica para outra oportunidade. 





Paulo Sergio de Camargo
Linguagem Corporal
Cursos, Palestras.
Loja Virtual - Livros de Grafologia



Thursday, July 07, 2016


Eduardo Cunha

Linguagem corporal.

Renúncia de Eduardo Cunha à presidência da Câmara dos Deputados.
Expressão composta.
Lábios apertados. Existe tensão no queixo. Os olhos estão mareados.
Raiva – olhos abertos; adrenalina
Lábios puxados – tentativa de controle das emoções.
Lábios para dentro ansiedade. 
Pescoço inflado. Estresse na fala. Tentativa de dominar as emoções.   




Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal

Loja Virtual - Livros de Grafologia


                      

Tuesday, July 05, 2016

Linguagem corporal e as fotos do Linkedin


Linguagem corporal e as fotos do Linkedin

         As fotos nas redes sociais dizem muitas coisas, todavia neste artigo vou focar apenas as fotos no Linkedin.
          Antes de tudo: Simples, se você é um profissional, contrate um fotógrafo profissional para sua foto. O custo benefício é incomensurável.

Principais erros e acertos nas fotos.

1.      Sorriso falso.
Você pode ler no meu site ou blog vários artigos sobre os sorrisos. No sorriso falso não aparecem os pés de galinha ao redor dos olhos, no verdadeiro estão presente.
Entre milhares de fotos que pesquisei, as com este tipo de sorriso destruíam por completo a credibilidade.

2.      Camisas de time e agremiações
Difícil. O amor pelo clube faz com que muitos profissionais tirem as mais ridículas fotos com as camisas de seus times do coração. Descontadas as camisas velhas, rasgadas, falsificadas e molhadas de suor; poucas fotos se salvam.  Não leve em conta neste item as de escola de samba.

3.       Fundo “falso”
Muitas fotos incluem fundos dos mais diversos. Intrinsicamente ligado ao item anterior estão as fotos com camisas  de clube e em estádios de futebol. Praias, matos, casas velhas, paisagem horríveis etc. Evite.

4.      Fotos 3x4
Lembra aquelas fotos 3x4 tiradas por lambe-lambe (muito antigo) na Praça da Sé.  Passam péssimas informações para quem as analisa, mesmo que a pessoa não saiba analisar fotos.

5.      Selfie
A quantidade de selfie tirados de cima, de baixo, de lado, de canto, desfocada é incontável.  A única coisa visível é a péssima qualidade.

6.      Foto de foto
A pessoa gosta tanto daquela foto de formatura e resolve tirar a foto da foto. O resultado é trágico, a cabeça fica distorcida, as cores são aguadas, as roupas borradas etc.

7.      Fotos com uniforme
O uniforme sempre passa credibilidade, portanto usá-lo de forma correta é sempre positivo.

8.      Trajes de festas
São bonitos e elegantes, todavia não são usados por profissionais diariamente.  Nas pesquisas cheguei a observar mulheres vestidas com o vestido de noiva.

9.      Bermudão, sunga, camisetas sem mangas, saída de banho...
Item autoexplicativo.

10.   Óculos de sol escuros
Idem ao anterior.

11.   Cabeças viradas
Muitas mulheres usam a “cabeça virada” (para todos os lados). Mostrar o pescoço em termos de linguagem corporal é bom é algumas ocasiões, mas fotos profissionais, evite de todas as maneiras.

12.   Pouca roupa
Homens  com camiseta regata e mulheres mostrando o sutiã não são coisas de profissionais.

13.   Queixo erguido
Demonstra alto nível de arrogância

14.   Gravata com o pato Donald
Item autoexplicativo.


15.   Absurdos extras:
Somente a cabeça para fora dentro de um rio ou piscina.
Sem camisa
Paletó nas costas
Foto de costas
Pose de galã dos anos 50
Churrasqueiro da turma
Mãos nos bolsos
Dentro de carros, barcos, aviões etc.
Fazendo “biquinho” ou “beijinho”
Fantasia
Máscara de carnaval
Com capacete cobrindo todo o rosto

Enfim, as fotos são as mais diversas. Evite os tipos acima comentados e contrate um profissional.

Em tempo: casa de ferreiro, espeto de pau. 


         

Wednesday, June 29, 2016



Psicodinâmica do Espaço na Grafologia


A nova edição está revisada, ampliada e atualizada. 

 Apresenta informações mais consistentes, aprofunda-se nas imagens da forma, espaço e movimento.
O mais moderno manual de grafologia no mercado brasileiro. Com pesquisas inéditas de assinaturas tridimensionais. 




Sumário

Prólogo


1.     O espaço e a grafologia | 1 1
2.     Ritmo na escrita | 29
3.     Tipos de movimento e espaço | 55
4.     O espaço na escola morettiana | 77
5.     Ligações espaciais | 87
6.     Espaços entre as palavras | 93
7.     Espaços entre as linhas| 115
8.     Espaços entre as letras | 125
9.     Espaços entre as linhas e as palavras | 137
10.   Zona inferior | 145
11.   Zona superior | 159
12.   Zona média | 171
13.   Estudo da zona superior | 197
14.   Estudo da zona inferior| 205
15.   As margens | 217
16.   Eixo vertical | 229
17.   Eixo horizontal | 243
18.   Variações das formas das margens | 255
19.   Relações entre as margens | 267
20.  Assinaturas tridimensionais| 275
21.   Considerações finais | 281

22.  Para saber mais | 287




Capa dura
300 Páginas
180 Exemplos de figuras
Pedidos: grafonauta@terra.com.br
Valor: 40% de um Perfil Grafológico Descritivo.





Paulo Sergio de Camargo Grafologia - Linguagem Corporal

 
Loja Virtual - Livros de Grafologia




Psicodinâmica do Espaço na Grafologia


A nova edição está revisada, ampliada e atualizada. 
 Apresenta informações mais consistentes, aprofunda-se nas imagens da forma, espaço e movimento.

O mais moderno manual de grafologia no mercado brasileiro. Com pesquisas inéditas de assinaturas tridimensionais. 




Sumário

Prólogo


1.     O espaço e a grafologia | 1 1
2.     Ritmo na escrita | 29
3.     Tipos de movimento e espaço | 55
4.     O espaço na escola morettiana | 77
5.     Ligações espaciais | 87
6.     Espaços entre as palavras | 93
7.     Espaços entre as linhas| 115
8.     Espaços entre as letras | 125
9.     Espaços entre as linhas e as palavras | 137
10.   Zona inferior | 145
11.   Zona superior | 159
12.   Zona média | 171
13.   Estudo da zona superior | 197
14.   Estudo da zona inferior| 205
15.   As margens | 217
16.   Eixo vertical | 229
17.   Eixo horizontal | 243
18.   Variações das formas das margens | 255
19.   Relações entre as margens | 267
20.  Assinaturas tridimensionais| 275
21.   Considerações finais | 281

22.  Para saber mais | 287




Capa dura
300 Páginas
180 Exemplos de figuras
Pedidos: grafonauta@terra.com.br
Valor: 40% de um Perfil Grafológico Descritivo.





Paulo Sergio de Camargo Grafologia - Linguagem Corporal

 
Loja Virtual - Livros de Grafologia




Psicodinâmica do Espaço na Grafologia





A nova edição está revisada, ampliada e atualizada. 
 Apresenta informações mais consistentes, aprofunda-se nas imagens da forma, espaço e movimento.

O mais moderno manual de grafologia no mercado brasileiro. Com pesquisas inéditas de assinaturas tridimensionais. 




Sumário

Prólogo


1.     O espaço e a grafologia | 1 1
2.     Ritmo na escrita | 29
3.     Tipos de movimento e espaço | 55
4.     O espaço na escola morettiana | 77
5.     Ligações espaciais | 87
6.     Espaços entre as palavras | 93
7.     Espaços entre as linhas| 115
8.     Espaços entre as letras | 125
9.     Espaços entre as linhas e as palavras | 137
10.   Zona inferior | 145
11.   Zona superior | 159
12.   Zona média | 171
13.   Estudo da zona superior | 197
14.   Estudo da zona inferior| 205
15.   As margens | 217
16.   Eixo vertical | 229
17.   Eixo horizontal | 243
18.   Variações das formas das margens | 255
19.   Relações entre as margens | 267
20.  Assinaturas tridimensionais| 275
21.   Considerações finais | 281

22.  Para saber mais | 287




Capa dura
300 Páginas
180 Exemplos de figuras
Pedidos: grafonauta@terra.com.br
Valor: 40% de um Perfil Grafológico Descritivo.





Paulo Sergio de Camargo Grafologia - Linguagem Corporal

 
Loja Virtual - Livros de Grafologia