Tuesday, April 25, 2017

Grafologia Escrita Esgarçada. Um caso da baleia azul.

  • Escrita Esgarçada. Um caso da baleia azul.



Adolescente suicida.
Chamo este tipo de escrita de “esgarçada”. Em meus estudos ainda não cheguei a conclusão se pode ser considerada uma espécie - seria incluída no gênero ordem.
Todavia a escrita esgarçada é muito fácil de ser identificada, os espaços entre as palavras sãos notórios, além do normal.
O escritor coloca cada palavra como se fosse independente da outra, elas não parecem ter conexão tempo-espaço entre si. Cada palavra é um pensamento “desconectado” fisicamente do próximo (pensamento).
Considerando que a folha papel em branco é um “mundo” no qual transitamos, fica fácil de compreender que quem escreve desta forma, tem dificuldades de transitar por este “mundo”.
As restrições nos contatos pessoais são as mais diversas possíveis. Os espaços psicológicos são mal ajustados, a visão do escritor é distorcida naquilo que considera seus direitos. Enfim, não consegue transitar e nem ver o mundo de forma multifacetada. Sua ótica é pautada pela ansiedade, tensão, medo, separação, distanciamento do outro, da realidade. Não consegue se ligar ao demais.
O relacionamento interpessoal é confuso, o relacionamento intrapessoal caótico.

Em termos da Imagem da Forma de Heiss:
No estudo da perspectiva espacial, Heiss explica o macro comportamento, descrevendo as relações das pessoas com o espaço da seguinte maneira: na irritação percorremos o espaço de um lugar para outro, saltamos de alegria, reconhecemos os signos débeis e redondos com os quais cada um se coloca com seu comportamento ajustado; inclinamo-nos, dobramos, caso tenhamos dor, cansaço ou preocupação. Nosso comportamento está sempre referido ao espaço; uma reprodução de nossas reações anímicas com o espaço.
No micro comportamento de Heiss, fala-se em adaptação espacial, que pode ser mais ou menos alcançada. A imagem espacial da escrita é válida também como reproduções anímicas do espaço. O espaço que rodeia as pessoas é um espaço de vivências; Heiss troca a palavra espaço por “meio ambiente”.
Ao observar a página como um todo, a grafóloga avalia o equilíbrio, as aparências e as perturbações no campo espacial. O equilíbrio ou desequilíbrio interno do escritor vai se refletir no ritmo de distribuição do espaço. (livro: Psicodinâmica do Espaço na Grafologia. Paulo Sergio de Camargo)



Escrita empilhada
Chamo de escrita empilhada àquela em que as palavras ficam uma em cima das outras durante mais de quatro linhas.
Após pesquisar algumas centenas deste tipo de escrita, observei que, dividindo o texto verticalmente em três partes, o empilhamento ocorre essencialmente nas duas primeiras partes (lado esquerdo e meio). Não encontrei escritas em que o empilhamento ocorra na margem direita. Não quer dizer que não exista, apenas não encontrei.
A interpretação é até certo ponto fácil, já que após o empilhamento normalmente temo uma chaminé. Fica evidente o estado de ansiedade.
Contudo a interpretação certamente vai além disto.

Pulver escreve:  
... se a distância expressa a tendência voluntária ou involuntária de separar, que se apoia na posição que geralmente valoriza e na atitude de juízo, a distância entre as linhas  indica em especial a exigência de ordem por parte do espírito.


Mais adiante escreve:
A pausa como repouso criador, pode se transformar em uma distância que parece um buraco. Não é o efeito do intelecto que limita, senão a inibição psíquica que empurra ao isolamento.

Isto se encaixa de maneira perfeita ao espaço deixado à frente das palavras após o empilhamento. Se após o primeiro empilhado de palavra seguir outro, a situação se complica mais para o escritor em termos de interpretação.

Os empilhamentos mais visíveis são os das primeiras linhas no texto e na margem esquerda. 
Isto é importante para a predição do movimento, até mesmo do resultado do movimento grafoescritural em si.
Em 95% das cento e treze escritas pesquisadas, a margem direita é irregular.

Levando em consideração outros fatores: nenhuma das escritas apresentou movimento dinâmico, controlado. Os movimentos eram inibidos, contidos e combinados.
A direção das linhas tende a ser mista na maioria das escritas, com certo padrão para descendente.


Interpretação
A interpretação é até certo ponto facilitada por todos estes fatores acima citados.
Quando ocorre na margem esquerda e em especial nas primeiras linhas:
Lembre-se que nas primeiras linhas o movimento grafoescritural tende a ser consciente. Depois os movimentos inconscientes aparecem. “O consciente escreve o inconsciente dita.” Pulver.

O escritor vive um momento de intensos conflitos, tem noção dos mesmos e da sua intensidade. Sabe que sua vida emocional está tensa e até mesmo desorganizada. Como tem consciência disto, precisa encontrar um meio de se controlar, de dominar as emoções. A tentativa é feita organizando as primeiras palavras (simbolicamente pondo ondem na prateleira).
Todavia isto é artificial. Não tem capacidade e nem habilidade emocional para tal. Logo após a escrita volta a se “desorganizar” e final a margem direita é irregular. Incerteza, preocupação, medo do futuro.
Embora tenha consciência do conflito que vive, tenta, mas não tem capacidade psicológica para resolvê-los de maneira correta.

Escrita empilhada dentro do texto
Inicialmente o escritor não tem consciência do conflito pelo qual passa. De modo inconsciente tenta encontrar uma maneira de se ajustar ao meio em que vive. Como no primeiro caso, gasta energia de modo intenso, mas não consegue o equilíbrio que tenta deseja.
As tensões e ansiedades se ampliam de maneira intensa. O ritmo não flui e a cada tentativa falha conflito se amplia. Quer resolver a situação por qual passa, mas não consegue.


Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal

Loja Virtual - Livros de Grafologia






Friday, March 31, 2017


Escrita de Eduardo Cunha.

Assinatura: Filiforme. Ilegível. Final com traço da brutalidade de Marchesan.
Klages dizia que quem tem escrita filiforme não confessa sua cor porque não tem nenhuma e evita a confissão na medida do possível, porque nenhuma necessidade interior obriga-o a isso.

Com traçado rápido, simplificado e sóbrio, mostra capacidade de avaliação global, de perceber a realidade de maneira ágil e de agir sobre ela de modo eficiente. Indica ainda atividade, habilidade para mostrar e impor suas convicções.

Interpretação de Klages -
Esta escrita se encaixa na duas polaridades do autor alemão.
Espírito polifacético, variedade de interesses, habilidade, impenetrabilidade, transmutação, dom de adaptação, diplomacia, dom político.
Indecisão, influência mórbida, ambiguidade, camaleão, falsidade, hipocrisia, inveja, falta de caráter, simulação, astúcia, mimetismo, ausência de retidão.

A assinatura também demonstra o alto nível de personalismo. De maneira inconsciente escreve nos traços iniciais a palavra "eu".

Rizzos da Brutalidade - Final da assinatura. (link Personalidades de Risco)
Presentes as leis XII, XIII, XXII. Tendência Motriz: Brutalidade
Características gráficas – São notáveis os engrossamentos repentinos e violentos no final das letras que ultrapassam (no traço descendente) a linha de base. Também ocorrem no meio das palavras. A pressão se amplia no final, muitas vezes de forma massiva.

Traço mais frequentes em homens, nas mulheres parece ser exceção. 
Tendências satélites:
Ø Na inteligência – Obliteração parcial da responsabilidade.
Ø No sentimento – Cólera irresistível e violenta. Falta de Sensibilidade da voz da consciência ao julgar as descargas violentas.
Ø Na vontade – Expressões de atitude de mando que por vezes dão medo. Escassa aptidão para chefiar pela inclinação para destruir o espírito de colaboração e por reações agressivas e violentas.
Ø Violência material imprevista. Gosto por ver sofrer. Crueldade. Maligno. Ira inesperada. 

De acordo com Antonello: “trata-se de um traço de raiva e oposição; de conotações viris; consiste em uma profusão de energia, no exercício da força; em uma ação autoafirmativa; de rebelião ou desafio contra qualquer coisa que não aceita.” (em artigo da Revista Gramma)
Tendência de se impor para a conquista das coisas ou pessoas, superar todos os obstáculos para realizar as próprias aspirações e assim reagir com violência para obter a força tudo aquilo que necessita. 

No texto: ovais com bases achatadas. De acordo com o brilhante grafólogo espanhol Allende, apropriação indébita. (link Personalidades de Risco)

Por fim: O traço descendente para realizar a assinatura é uma clara mostra que está desanimado e provavelmente vai entregar os pontos.

Solicite seu Perfil Grafológico Pessoal. grafonauta@terra.com.br

Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal
Cursos - Palestras
Loja Virtual - Livros de Grafologia


Monday, November 07, 2016

Curso de Formação Palestrantes em Linguagem Corporal



Curso de Formação Palestrantes em Linguagem Corporal

Focado no público femininoObjetivo: O Curso tem como objetivo formar as participantes em Palestrantes de Linguagem Corporal.  Programa inédito no Brasil. O mais completo curso do mercado.

   
Total:  4 Módulo integrais – Interligados
Início - 03 de dezembro de 2016.
Horário -09:00 – 13:00 horas.


Módulo I  -  Linguagem corporal

Módulo II -  Linguagem corporal e o corpo feminino - Fevereiro

Módulo III -  A mentira  – Março

Módulo IV -  Liderança e Linguagem Corporal - Abril

Cada módulo duração de 01 dia presencial.  Sábado.
Dez encontros via Internet – Hangout – Skype –
Dois encontros presencias para estudos de caso – Dois sábados – 06 horas.
10 questionários individuais.
Formação. Apresentação palestra de no mínimo 15 minutos com tema a ser escolhido.


Módulo I  -  Linguagem corporal



Introdução
1. Somos especialistas
·       Como os homens se comunicam • Comunicação linguística
·       Comunicação não linguística
·       O ato de comunicação
·       Comunicações não verbais
·       Principais funções da linguagem não verbal
·       Barreiras nas comunicações
·       Onde é aplicada a linguagem corporal

2. Os movimentos corporais
·       O corpo trai
·       Movimentos de intenção: ação
·       Movimentos corporais e fala
·       Exercícios práticos

3. Os sinais primários: Livro de apoio: A linguagem das emoções
·       Questionário
·       Estudo da obra de Paul Ekman – Outros estudos
·       Raiva
·       Medo
·       Alegria
·       Nojo
·       Surpresa
·       Desprezo
·        Expressão compostas
·        Estudo de caso – Suzane Richthofen
·       Exercícios práticos


4. Os gestos  - Desmond Morris
·       Gestos e culturas
·       Funções dos gestos,
·       Ilustradores
·       Adaptadores
·       Expressivos
·       Mímicos
·       Técnicos
·       Codificados
·       Simbólicos
·       Esquemáticos
·       Gestos obscenos
·       Alternativos
·       Relíquias
·       Exercícios práticos


5. As mãos
·       Mãos com adornos
·       Simbolismos das mãos
·        Tipos de apertos de mão
·        Técnicas de contatos
·       Exercícios práticos


6. O rosto
·       Os óculos
·       Manejo dos óculos
·       Tipos de olhar – afetivo – profissional - sexual
·       Os movimentos oculares
·       Comportamento do olhar
·       Maneiras de olhar
·       Os lábios
·       Os cabelos
·       Pupilometria
·       Exercícios práticos

7. Olhar  - Olhos o espelho da alma.      
·       Principais tipos
·       Olhar Profissional – Afetivo – Sexual
·       Abordagem aos clientes
·       Entrevistas  
·       Como utilizar o corpo e a face para negociar melhor
·       Exemplos práticos



Módulo II – A linguagem corporal e o corpo feminino


6. O corpo feminino
·       O corpo feminino
·       Evolução
·       Observação
·       Histórias
·       Exercícios práticos

8. O corpo
·       Cabelos
·        Estudos – tipos de cabelos e corte
·        Cabelo como definição de gênero
·       Tatuagens – Estudos
·       Características pessoas tatuadas
·       Motivos por quais as pessoas se tatuam
·       Exercícios práticos


9. As pernas e os pés
·       Os pés
·       As pernas
·       Posições
·       Exercícios práticos

10. Os sinais sexuais
·       Como os homens e as mulheres paqueram
·       Visualização
·       Fases da paquera
·       Chamar a atenção
·       Fase de reconhecimento
·       Fase de interação
·       Fase de resolução sexual
·       Exercícios práticos


11. O espaço pessoal
·       Estudos da Proxêmica
·       Territórios 
·       Comportamento territorial
·       Principais distâncias – Íntima  - pessoal –social – pública.
·       Rituais de espaço - Contato com clientes
·       Mesas – posicionamento nas negociações. Anulação - interação – isolamento.
·       Utilização correta dos espaços nos contatos interpessoais.
·       Exercícios práticos

12. Os cabelos femininos
·      Importância
·      Evolução
·      Diferenças em morena e loiras
·      Histórias
·      Exercícios práticos


13. A Face feminina e a linguagem corporal 
·       Estudos
·       Importância
·       Olhar, tipos de olhar
·       Histórias
·       Exercícios práticos



Módulo III  - Mentira

14. Não minta pra mim.
·        A dificuldade em definir a mentira - Dr. David Livingstone
·        Desmistificando a mentira
·        A mentira na natureza
·       As mentiras que contamos
·       O autoengano
·        Porque mentimos
·       Sinais corporais de mentira
·       A mentira cruzada
·       A mentira dos infiéis -  e outros
·       O conto do vigário
·       As mentiras escritas
·       Como mentir melhor
·        Como pegar um mentiroso
·        Como identificar mentiras nos clientes e parceiros.
·        Estudos e técnicas de reconhecimento.
·        Técnica nas entrevistas, dinâmicas de grupo. 
·       Microexpressões e mentira
·        Estudo de caso – Casal Nardoni - Lula
·       Exercícios práticos


Módulo IV -  Liderança e Linguagem Corporal - Abril

15. Liderança e linguagem corporal 
·       Como identificar o líder pela linguagem corporal
·       Identificação de traços de liderança pela linguagem corporal
·       Treinamento de liderança por meio da linguagem corporal
·       Principais posturas dos líderes mundiais – Obama, Clinton etc.
·       Como alavancar a liderança por meio de gestos
·       Gestos que os líderes utilizam
·       Gestos que os líderes devem evitar
·       Exemplos práticos


16. Gestos de poder e submissão 
·        Principais gestos de poder
·        Como passar confiança – gestos a serem utilizados
·        Gestos de submissão
·        Gestos a serem evitados
·        Exemplos práticos


17. Linguagem corporal para Forças de Segurança
·       Estudo
·       Como observar suspeitos
·       Importância da técnica
·       Exercícios práticos


18. Estudo de 100 gestos -
·       Frustração
·       Raiva
·       Humildade
·       Arrogância
·       Indecisão
·       Preocupação
·       Vergonha
·       Liderança
·       Atenção
·       Defensividade
·       Impulsividade
·       Estresse
·       Exercícios práticos


19. Tornando-se um especialista
·        Estudos
·       Técnicas
·       Literatura de apoio

Outros temas serão acrescentado no curso.



     
 Informações gerais
     Livros do autor sem custos.
     Livro Linguagem Corporal - Paulo Sergio de Camargo
     CD com Power Point
     Pagamento parcelado
     Número de alunas limitado -
   


Cada sessão será realizado em estudos de caso em vídeos:
-  Caso 01 Daniela Perez - Entrevista o Ratinho Guilherme de Pádua
-  Caso 02 Casal Nardoni
-  Caso 03 Mércia etc.
-  Caso 04 Caso Clinton
-  Caso 05 Filho dono da Gol
-  Mais de 600 fotos  e 60 filmes de curta duração
-  Total de 20 estudos de casos práticos.


Livros a serem estudados durante o curso: (não entregue)
Morris, D. O macaco nu. São Paulo: Círculo do Livro, 1973.
______. Você. Um estudo objetivo do comportamento humano. São Paulo:
Círculo do Livro, 1977.
______. A mulher nua. Um estudo do corpo feminino. São Paulo: Globo, 2005.
Knapp , M.; Hall A. J. Comunicação não verbal na interação humana. São Paulo:
JSN, 1999.
Smith, D. L. Por que mentimos. Os fundamentos biológicos e psicológicos da mentira.
Rio de Janeiro: Campus, 2006.
- A linguagem das emoções. Paul Ekman.
- A mentiroso em sua vida. Robert Feldman.


Livros de Paulo Sergio de Camargo
                Linguagem Corporal –Técnicas para aprimoramento de relações interpessoais e profissionais.
                Não minta pra mim. A psicologia da mentira e a linguagem corporal. ED. Summus.
                   Liderança e Linguagem Corporal.  Técnicas para aprimoramento e aperfeiçoamento de líderes. ED. Summus. 2017.





Depoimentos
Depoimentos
Caro Paulo Sérgio,
Meus parabéns pela maneira como conduziu o tema Linguagem Corporal num curso de apenas 8 horas que foi um sucesso pela riqueza de conteúdo, agregando valor à nossa carreira profissional.
Cármen MateusPresidente da ABRH-P

"Sou psicólogo e já fui a muitos treinamentos sobre técnicas aplicadas a recrutamento e seleção e poucas tem o formato do Paulo Camargo. Além de sólidos conhecimentos no tema abordado, seus treinamentos tem o caráter didático e interativo, onde a todo momento recebemos exemplos práticos e abertura para expor dúvidas, com isso, aprendemos muito além do que a simples aplicação da técnica. Aprendemos a compreender sua lógica."       
        Eduardo Alencar  - Analista de RH

Parabéns pela palestra, palestrante interage com o público e tem total domínio do conteúdo.
AnônimoParticipante da Palestra ABTD

“O conteúdo do seminário e a didática do instrutor foram ótimos. Com certeza trará benefícios imediatos para os processos de recrutamento e seleção no grupo SBF. A palestra foi muito bem vinda; passamos a utilizar este potencial rapidamente; inclusive em treinamentos.”            
       Daniela Pereira da Silva - Analista de RH


"Conteúdo foi perfeito. Tanto na síntese, quanto nos assuntos comentados. Aprendemos exatamente o que precisávamos aprender. E já estamos usando muitos os conhecimentos adquiridos. Inclusive com professores nas aulas de MBA que fazemos na FGV. O senhor é muito claro e didático nas suas explicações."                 
         Emilia Amaral Gea - RHBrasil - Recursos Humanos - Rio Claro

Análise da entrevista do casal Nardoni na Televisão. Paulo Sergio de Camargo


Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal
0xx 11 99343 6988

 


Incrições e informações: grafonauta@terra.com.br