Saturday, October 13, 2018

Linguagem corporal em 3 tempos. Manuela D´Ávila e Haddad Post 144 13ou18

Linguagem corporal em 3 tempos.   Post 144    13out18     

#lingcorporal3tempos

Gesto de poder. O Campanário. 

Tempo 01. 


O gesto de unir a ponta dos dedos é chamado de “cúpula do poder” ou “campanário”. A interpretação varia de acordo com altura das mãos. A chanceler alemã Merkel e o presidente dos EUA Trump fazem uso de modo indiscriminado. Deve ser utilizado em ocasiões especiais para enfatizar uma colocação. Poder ser usado num momento especial de silêncio antes de uma frase ou gesto triunfal. Quanto mais alto, mas confiante está a pessoa que realiza.

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sentadas e área interna

Tempo 02.
Manuela faz o gesto na forma baixa. O ideal é que o o tempo do gesto seja curtos, (durante 2/3 segundos). Observe o queixo erguido, concorda plenamente com a arrogância que a cúpula do poder passa aos demais. A cúpula do poder baixa já é um sinal de ansiedade e quando realizada em cima do joelho pode funcionar como um auto toque apaziguador. Em todo caso o sentimento de arrogância e poder é mantido, pois o queixo alto está em concordância. Os olhar de lado indica a desconfiança. Como abre os olhos um pouco demais é sinal de aumento da adrenalina.


Tempo 03.  
A cúpula do poder baixa quando exagerada, em vez de mostrar poder, segurança e confiança, indica alto nível de arrogância. Este gesto fica mais circense por assim dizer quando a pessoa que o faz não tem o poder que imagina.
A expressividade do gesto de perde e ele se torna uma pantomima.
A sobrancelhas um pouco alto e tensão no queixo são indicativos de raiva.
No caso de Haddad, o gesto das mãos é chamado de "castração". Defesa, insegurança.
Observe como ele "escorrega" na cadeira: desânimo, desalento, falta de vontade, pouco interesse pelo que observa. Quando esta ouvindo alguém falar: falta de educação, pouco respeito e interesse pelo locutor.


Resultado da análise: "Acredite se quiser." 


Veja também:


Os posts inconvenientes serão deletados

Paulo Camargo
Palestras. Workshops.
Cursos com livros e material grátis.
grafonauta@terra.com.br
Criando conteúdo. Excelência pela experiência.

Saiba mais: www.lingcorporal.com.br

Friday, October 12, 2018

Acusado de matar Moa do Katendê. Post 142 12out18

Linguagem Corporal em 3 tempos. 

Acusado de matar Moa do Katendê. Post 142 12out18 

Tempo 01.
0.09 seg e 0.13 seg.
"...viado e negro. Viadinho e negro, viadinho e negro". Observe os ombros. O estirão de ombro ocorre quando estamos inseguro de algo (Navarro). É um dos clássicos sinais de mentira. Não importa com a intensidade.


Tempo 02.
1.30 seg.
Observe os lábios. O gesto é chamado "lip purse" pelo americanos. Indica discordância clandestina, não exposta em sua totalidade. A pessoa deseja passar aos demais apenas as informações ou os fatos da maneira que lhe convém. Muito comum em machos-alfa que acham que podem controlar a situação.




Tempo 03.
1. 31 seg.
“Lábios de ostra”. A pessoa esconde os lábios total ou parcialmente.
A interpretação é simples e fácil: controle das palavras. “Neste momento não desejo expressar o que sinto.”; “preciso controlar minhas emoções.”; “não quero expor minhas opiniões agora”.
Evidente que se trata de um gesto tenso. No caso da foto é visível a tentativa de controle. Em muitos casos mostra certa frustração em não poder se expressar exatamente como desejaria.
Observe que um pouco antes, engole a seco e coloca a língua para fora. Alto grau de adrenalina.















Conclusão: Mente durante a maior parte do tempo.

                           

Tuesday, September 18, 2018

Análise da escrita do ex-governador Sergio Cabral

Análise da escrita do ex-governador Sergio Cabral




O ex-governador está preso no Rio de Janeiro, acusado de corrupção.

Sinais de mentira encontrados na escrita:

1. Olho de boi. 
Característica gráfica – A oval encobre outra oval menor dentro dela. (espécie de dupla oval). Descobri este sinal gráfico há mais de 15 anos e assim denominei. 
Interpretação
Não importa qual oval foi executada primeiro (a maior ou a menor). Necessidade de ocultar o próprio eu. Reserva, defesa e medo. Encobrimento de intenções. 
O "eu" maior encobre o "eu" menor. 

2. Números no lugar de letras       
Interpretação
Preocupação exagerada com dinheiro. Dissimulação, furto, roubo em escritas por demais confusas. Em escrita limpas, organizadas, legíveis: boa capacidade para trabalhar com cálculos.

3. Letras ilegíveis e regressivas   
Característica gráfica – As letras ou números não são legíveis. Muitas vezes parágrafos completos não são lidos ou apresentam grande dificuldade para tal. 
O traço regressivo em uma letra ilegível potencializa da mentira. (Camargo)
Interpretação
Ambiguidade, intenções fraudulentas. Encontrada em pessoas sem moral. Muitos internos, que não aceitam qualquer tipo de lei ou norma apresentam este tipo de escrita. Confusão mental e tendência a enrolar certas situações. Atividade febril.  Dissimulação, intrigas. A pessoa não quer ser reconhecida, pouca precisão ao passar informações. Mentira, ocultação da verdade. 

4. Naja
Característica gráfica – O traço final é feito em forma de curva, algumas vezes termina em ângulo ou em arpão. Trata-se de um signo gráfico específico da língua portuguesa. Gesto regressivo-progressivo. Tanto a escrita angulosa, como o traço naja realizado de forma angulosa potencializam a interpretação. Normalmente o final é acerado.
Outro sinal que "descobri" e estudei ao longo dos anos.

Interpretação
Defensividade preventiva. Necessidade de ocultar deficiências que julga possuir.  Mentira e apego as ideias quando termina em arpão. Pensamento desconfiado sem que existam motivos para tal. Dissimulação. 

Os traços são estudados no livro Personalidades de Risco. Amazon Books.

Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal
Cursos de Grafologia

Loja Virtual - Livros de Grafologia


















Saturday, September 01, 2018

Linguagem Corporal em 3 tempos. Marina Silva no Jornal Nacional. Post 138 01set18

Linguagem Corporal em 3 tempos.  Marina Silva no Jornal Nacional.
Post 138   01set18


O objetivo principal dos posts é ensinar linguagem corporal e não analisar políticos.

Tempo 01.
3.50 seg. Quando diz “eu mantenho excelentes relações com estas pessoas...” MENTIRA. A cabeça maneia em um gesto negativo, dizem “não”, enquanto a boca diz sim.
Observe a tensão na testa, aparecem rugas verticais entre as sobrancelhas. Ruga da dificuldade. Tensão. 
Existem sim, grandes dificuldades entre ela e os antigos membros do partido.

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos

Tempo 02.
10.45 seg. “Devemos ir para um regime de capitalização.” Coloca a língua para fora.  Antes deste gesto, aparece raiva na face. Ao excretarmos as palavras que dizemos, a intenção é clara: “Não gosto disto, repudio”.  Provavelmente não vai para o regime de capitalização. Mentira.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Tempo 03.
18.32 seg. Quando Bonner pergunta das coligações atuais com o PT e PSDB e as críticas que ela fez anteriormente. Observe o sorriso, o desviar do olhar antes de responder. Nem precisa ser especialista em linguagem corporal para interpretar.

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos e close-up

Conclusão:
Em relação os outros participantes, os apresentadores foram até certo ponto “light”. A voz monocórdia e as respostas indicam que a candidata tem uma boa assessoria e foi muito bem treinada. Todavia não tem “punch”, como diriam os antigos.



Site: https://www.youtube.com/watch?v=iwcqEotp7XE


Paulo Sergio de Camargo
O melhor conteúdo em linguagem corporal da WEB.
www.lingcorporal.com.br
http://grafonautas.blogspot.com/
http://twitter.com/Grafonauta
Loja Virtual - Livros de Grafologia

http://grafonauta.tudonavitrine.com.br/

Friday, August 31, 2018

Linguagem corporal em 3 tempos. Renata Vasconcelos e Jair Bolsonaro no Jornal Nacional. Post 137 31ago18

Linguagem corporal em 3 tempos.
Renata Vasconcelos e Jair Bolsonaro no Jornal Nacional.
Post 137 31ago18



O objetivo principal dos posts é ensinar linguagem corporal e não analisar políticos.

Tempo 01.
12.49 seg. Quando a apresentadora fala, como cidadã, sobre questionar os salários do deputado. Bolsonaro coloca ponta da língua para fora. O gesto indica alto nível de ansiedade. No jogo de pôquer mostra que o adversário que recebeu as cartas provavelmente vai blefar ou fugir. No caso de Bolsonaro não existe como fugir. Ou seja, a apresentadora acuou o entrevistado de forma intensa. Como não existe saída, ele vai reagir atacando de forma virulenta.
 A imagem pode conter: 1 pessoa, terno

Tempo 02.
Quando fala com cidadã, a apresentadora, primeiro se justifica e depois HIERARQUIZA as relações. “Você é meu funcionário”, tem que prestar contas.’ Isto é um péssimo sinal tanto em negociações como em entrevista, especialmente diante de alguém que não se prima pelo controle das respostas. Portanto, não faça isto em qualquer tipo de relacionamento, a técnica é que por mais que você acue o entrevistado ou negociador, sempre deixe uma saída. Caso o entrevistado seja o tipo de pessoa como Bolsonaro, a saída sempre vai ser atacar.

Tempo 03.
12.49 seg. Bolsonaro faz o gesto chamado de lábios de ostra: Lábios de ostra: Forte indicativo de tensão, estresse, raiva. A adrenalina aparece em grandes doses.
Mais uma vez: quando observar o interlocutor com os lábios de ostra você tem que se preocupar com as reações dele. Se souber se antemão o perfil da pessoa, certeza vai gerenciar o conflito, caso contrário, as ações do outro nem sempre serão previsíveis.

A imagem pode conter: 1 pessoa, terno


Observe também que Bolsonaro projeta a mandíbula para a frente) enquanto aperta simultaneamente os lábios. Os lábios se afinam, tanto o superior como o inferior. As sobrancelhas se juntam, as rugas se acentuam na testa. Ele foca intensamente a apresentadora (o objeto da raiva). Este conjunto de sinais (clusters) é indicativo de raiva.

Conclusão:
A apresentadora Renata foi até mesmo ingênua e inexperiente ao “atacar” o candidato Jair Bolsonaro. Todos sabem de antemão o nível de agressividade com que revida as perguntas. (menos ela)



 
Paulo Sergio de Camargo
www.lingcorporal.com.br
http://grafonautas.blogspot.com/
http://twitter.com/Grafonauta
Loja Virtual - Livros de Grafologia

http://grafonauta.tudonavitrine.com.br/

Thursday, August 30, 2018

Jair Bolsonaro no Jornal Nacional. Post 136 30ago18

Jair Bolsonaro no Jornal Nacional. 

Post 136    30ago18



O objetivo principal dos posts é ensinar linguagem corporal e não analisar políticos.

Tempo 01.
1.54 seg. Bolsonaro coloca as duas mãos em cima da mesa. Sinal evidente que deseja “dominar território”. É um gesto ligado a personalidade Alfa, especialmente quando ocorre em mesas de outras pessoas. Mais ainda, em mesas desconhecidas e que o “dono” é efetivamente Alfa. Isto per si, é sinal evidente que vai existir o confronto, pois nenhum dos dois irá ceder. Simbolicamente ceder território.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas

Tempo 02.
1.58 seg. Quando Bonner está fazendo a primeira pergunta. Corpo com o eixo para frente, olhando de lado.  Alto nível de desconfiança com o interlocutor. Gesto de desconexão. Dificulta e muito a diálogo pois é facilmente percebido durante a interação.
Os sinais de pupilas não são só emitidos inconscientemente, também são recebidos inconscientemente. (Morris)
Uma das principais funções da parte branca dos olhos é justamente a de indicar para onde observamos. Esclera: tecido conjuntivo denso, pouco vascularizado, opaco, branco.

 A imagem pode conter: 1 pessoa, terno

Tempo 03.
2.20 seg.
Passar a língua no lábio superior: preparativo para responder de modo convincente ao interlocutor.

A imagem pode conter: 1 pessoa, terno


Conclusão:
Bolsonaro entra para o debate essencialmente “armado”. Todavia os entrevistadores contribuíram de maneira eficaz para que o confronto que Bolsonaro esperava fosse realizado.




Site: https://www.youtube.com/watch?v=quk_9rDXhFE

Paulo Sergio de Camargo
www.lingcorporal.com.br
http://grafonautas.blogspot.com/
http://twitter.com/Grafonauta
Loja Virtual - Livros de Grafologia

http://grafonauta.tudonavitrine.com.br/

Wednesday, August 29, 2018

Renata Vasconcelos e Jair Bolsonaro no Jornal Nacional. Post 135 29ago18 Segunda parte.

Segunda parte.Renata Vasconcelos e Jair Bolsonaro no Jornal Nacional.   Post 135   29ago18

Tempo 01.
12.24 seg.  
Na falsa reza o fechamento parcial é dos olhos é indicativo do distanciamento entre arrogância e desprezo.  A FALSA REZA assinala que Renata Vasconcelos tem uma posição e não vai mudar.

 A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos e texto

Tempo 02.
A face da apresentadora mostra antes de tudo raiva. Fato que potencializa o desprezo.  
A falsa reza + raiva é sinal que tanto a paciência como o controle emocional está se esgotando.

Tempo 03.
Os lábios, em especial o inferior um pouco projetado para frente, indica alto nível de discordância daquilo que está ouvindo do Bolsonaro. A raiva potencializa o nível de discordância. Todavia também mostra que gostaria de falar outras coisas, mas se contém.





Conclusão:

A falsa reza, especialmente neste caso, quando existe tensão, se torna um gesto de desconexão. A mensagem, mesmo captada de forma inconsciente pelo outro é entendida como um gesto negativo, de confronto. Disto resulta da resposta destemperada do Bolsonaro. 



Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal

Loja Virtual - Livros de Grafologia


Renata Vasconcelos e Jair Bolsonaro no Jornal Nacional. Post 134 29ago18

Renata Vasconcelos e Jair Bolsonaro no Jornal Nacional.   
Post 134   29ago18
Linguagem corporal em 3 tempos.



Tempo 01.
12.24 seg.  Quando fala que “o meu salário não dizer respeito a ninguém e eu posso garantir...”. O gesto é chamado de “FALSA REZA”.
A falsa reza neste caso é indicativa de superioridade.
Observe que o queixo se levanta. Sinal se arrogância.
Também existe a tentativa de convencimento: expõe a jugular. Observe o tom da voz, existe emoção e controle ao mesmo tempo.
 A FALSA REZA indica sentimento de poder e autoridade. (aqui minha interpretação pessoal é o tom paternalista e em defesa das mulheres – no que concordo plenamente)
Todavia para o público em geral o gesto pode passar despercebido e quem percebe normalmente sente emoções complacentes.

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos, texto e close-up



Tempo 02.
Com este gesto de “FALSA REZA”,  Renata Vasconcelos tem certeza e convicção naquilo que diz e acha que Bolsonaro está errado – muito errado, pois a expressão de raiva aparece no transcorrer do embate.

Tempo 03.
Este gesto normalmente é utilizado por homens ou mulheres “Alfa”.  Observe que ela interrompe de modo enérgico Bonner e Bolsonaro para colocar os argumentos.  Secundariamente é um sinal de poder.

Logo após afirma que não receberia menos na mesma função. FALA TOTALMENTE VERDADE, pois a cabeça maneia de forma negativa e o corpo é congruente com a fala.


Conclusão: No próximo post.









Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem Corporal

Loja Virtual - Livros de Grafologia