Monday, March 20, 2006



Fernando Collor de Mello

Carta de Renúncia. Fonte Arquivo do Senado Federal – Brasília – DF.

A análise completa da escrita do Presidente Collor está no livro “De Deodoro a Lula. A personalidade do presidentes do Brasil.” Ed. Lasra.

A característica que mais chama atenção do grafólogo:

- Variações de pressão

Apoiada
- A escrita é apoiada quando o escritor acentua a pressão no gesto de adução (que vai da direita para a esquerda ou abdução – esquerda direita)

Interpretação:
Com elasticidade deficiente –
Os conflitos interiores aparecem de forma clara, ao mesmo tempo em que deseja ir em frente, as inibições retardam o movimento. Neste caso o a escrita perde o ritmo e quando o movimento for estático, podem aparecer que crispações que revelam parte da problemática interior do sujeito.


Relevo desigual
- A diferença entre os plenos (traços descendentes e grossos) e os traços ascendentes (perfis), são acentuadas, ou seja, nos traços descendentes (tensão), a pressão é exercida com energia, e nos traços ascendente (relaxamento) existe uma corresponde contrapartida de relaxamento.

Interpretação:
Impressionável. Qualquer que seja o estímulo que chegue até ele, vai causar preocupações desmedidas, com as quais não sabe trabalhar de maneira adequada, muitas vezes respondendo ao mesmo de forma aleatória, sem qualquer padrão, mesmo que sejam idênticos, ou seja, trata, até mesmo, uma pessoa de das maneiras diferentes.


Conceito da Escola Italiana - Intozzata II modo (Engrossada do II modo)
O conceito de pressão na escola italiana que mais se aproxima ao da espasmódica, chama-se "Intozzata II modo", mas não são considerados sinônimos.
Quando está constituído por engrossamentos repentino ou claro escuros no traçado das hastes das letras e particularmente nos rebordes. Quanto mais repentino seja o engrossamento, mas acentuado será o signo. Para sua graduação é necessário ter em conta dois fatores: repentino engrossamento ou sua parada, a intensidade do engrossamento.

Interpretação:
Trata-se de um signo substancial da vontade e modificante da inteligência, porque repercute nele e tem a cargo a faculdade intelectual da sensibilidade. Indica emotividade, impressionabilidade, impulsividade repentina, exageração.
Diante de sensações prazerosas ou desagradáveis, experimenta uma turbação de notável intensidade que perturba sua capacidade de equilíbrio e provoca uma reação imediata da mesma natureza das situações que a suscitam. (Torbidoni)

Importante
Aqui focalizamos o momento do Presidente, em que as muitas das variações de pressão são situacionais.
O grafismo mostra sinais de inteligência, atividade etc. Mas o foco estudado é apenas a pressão.

Friday, March 10, 2006


Assinatura de Suzane Von Richthofen

Como citamos em vários artigos, a assinatura isolada pode não dar indicativos confiáveis do escritor.
O grafólogo não deve se deixar levar pelas aparências ou por aquilo que é publicado na imprensa e principalmente, não fazer julgamentos.
A escrita é simples, ligeiramente invertida, a velocidade vai de lenta para moderada com tendência a centrar os esforços na zona média.

Um desafio:
Como analisar esta escrita?
Envie suas observações para grafonauta@br.inter.net