Monday, November 23, 2009

Unha do criminoso

Primeira Parte

Histórico

Para muitos grafólogos europeus e americanos, o termo mais apropriado para o chamado “felon’s claw” seria "pressão direcional vinda de baixo”; ou simplesmente pressão direcional. Outro nome deste signo grafológico é “cat’s paw” No Brasil “unha do criminoso e unha de gato, respectivamente. Todavia no Brasil o termo unha de gato é mais ligado ao traço que ocorre no final das letras em forma de ganho e suspenso.

Alguns autores não gostam de nomear traços; mas está é uma das características dos grafólogos desde Michon; com isto se criou um verdadeiro zoológico grafológico de pequenos sinais. Paciência.

O termo "pressão direcional” foi cunhado pelo grafólogo Felix Klein. Suas observações foram feitas em campos de concentração de Dachau e Buchenwald. Klein notou que muitos prisioneiros tinham em sua escrita um a peculiaridade e a chamou de “pressão direcional”.

Ele explica que a "pressão direcional” não é o tipo de pressão normalmente discutido na grafologia. É a pressão invisível oriunda das quatro direções do campo escrito, trata-se de pressão negativa e ocorre sempre nas variações de um traço reto que se transforma em curva.

Klein descobriu que as pessoas com alto nível de rigidez tinham menores chances de sobrevivência em campos de concentração. Para sobreviver era melhor ser flexível e assim se adaptar; especialmente as condições degradantes e difíceis em que viviam.

Em seus estudos concluiu que o traço da pressão direcional tende a aparecer em pessoas com enfrentam situações insuportáveis; mais do que isto, tem escassa esperança de que as circunstâncias pelas quais estão passando vão mudar.

Ao mesmo tempo, possuem um tipo especial de resistência que lhes permite enfrentar estas circunstâncias insuportáveis; mas isto tem alto preço. Ou seja; a negociação interna não que o escritor faz não tem equilíbrio, assertividade. Nem poderia ser diferente.

Assim, utilizam diversas manobras que os ajuda a suportar os momentos de intensa ameaça que estão sofrendo. Todavia qualquer coisa que façam; continuam vivendo sem revolver o medo que os invadi de forma emocional, física e mentalmente.

O conceito não é inteiramente novo, foi descrito por Bernhard Wittlich em Angewandte Graphologie e Pokorny in Psychologie der Handschrift. Fala de escritores que tiveram experiências traumáticas e estão afetados emocionalmente por estes acontecimentos.

Fim da I Parte.

Os autores e a bibliografia utilizadas serão citados no final.

Paulo Sergio de Camargo

Grafologia - Linguagem não-verbal

http://grafonautas.blogspot.com/

http://www.lingcorporal.com.br/

Monday, November 16, 2009

File:Álvaro Uribe Signature.png

Firma de Álvaro Uribe.




Assinatura de Manuel Zelaya
Depois faço uma análise.


Wednesday, November 04, 2009

Pessoal

Detalhes do novo livro e alguns sites úteis.

Caso não consiga o livro ou deseje um com a dedicatória do autor, entre em contato comigo.
Grafonauta@terra.com.br
Terei o prazer.

http://www.gruposummus.com.br/detalhes_livro.php?produto_id=1194


Sucesso Paulo Sergio de Camargo
Grafologia - Linguagem não-verbal
http://grafonautas.blogspot.com/
http://www.lingcorporal.com.br/